Acabamos de abrir uma conta conjunta

Zenaide e eu acabamos de fechar duas contas individuais que tínhamos e abrimos uma conta conjunta. É uma operação bancária relativamente simples, Mas ela representa uma maneira muito especial de lidar com as finanças do casal.

Para nós, uma conta conjunta significa que pensamos no dinheiro juntos, que fazemos o orçamento da casa buscando uma sintonia entre o que cada um deseja. Felizmente, nossos objetivos são muito parecidos, mas isso não elimina os enormes desafios desse jeito de encarar as finanças.

A gente acredita que um casal que compartilha os dias, que vive sob o mesmo teto (e dorme na mesma cama!), que tem filhos junto e que pensa em envelhecer junto precisa unificar totalmente as contas e trabalhar em união também nesse front.

O assunto é polêmico, com certeza. E certamente não é algo simples de realizar. Mas os resultados –pelo que temos visto até agora– são ótimos. E é sobre isso que queremos conversar com vocês aqui neste blog.

E aí? O que você pensa sobre esse assunto? Deixe um comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *